#FollowMyDay
para Berlin

Sarina Gallati

Comissária de bordo (19 anos de idade, na SWISS desde 2016)

Sarina Gallati trabalha desde março de 2016 na SWISS. Já em sua primeira nightstop em Berlim, a cidade de Berlim encantou Sarina: «Mesmo durante uma estada curta é possível experimentar tanta coisa por aqui!» Para nós, ela resumiu o dia perfeito em Berlim.

É fácil pensar que, na capital alemã, é possível fazer mil coisas ao mesmo tempo. Sarina assumiu esse desafio e compilou algumas sugestões para um dia sobre onde comer, cultura e até mesmo esportes.

A SWISS voa diariamente para Berlim partindo de Zurique (ZRH). Do Aeroporto de Berlin Tegel (TXL), é fácil chegar ao destino na cidade de metrô ou elétrico.

08:30

O dia de Sarina começa no hotel em que fica alojada a tripulação, com um café da manhã bem variado e rico em pães, cereais, frutas e ovos.

derkuchenladen.jpg

10:00

Quem preferir não tomar café da manhã no hotel, pode fazer uma visita ao Der Kuchenladen, no bairro de Charlottenburg. «Esta acolhedora pastelaria oferece uma variedade impressionante de bolos», revela Sarina. «Todo o mundo encontra alguma coisa de que gosta, aqui.»

11:00

Na parte da manhã, o programa de Sarina inclui sempre esporte. O seu percurso de jogging, ao mesmo tempo, passa pelos mais famosos pontos turísticos de Berlim:

a caminho do zoológico.

potsdamer_platz.jpg

11:20

O circuito passa então pela Potsdamer Platz, que não é apenas um centro modal de transportes, como também o coração de negócios da capital alemã.

11:30

Daqui, passando pelo enorme zoológico, chegamos ao mais famoso palco da cidade: o Portão de Brandemburgo.

holocaust.jpg

11:35

Logo do lado encontramos o monumento às vítimas do holocausto, composto por 2711 cubos de concreto.

checkpointcharlie.jpg

11:50

A famosa avenida Unter den Linden leva Sarina direção em direção do Checkpoint Charlie, onde termina o percurso da corrida.

É claro que as atrações também podem ser facilmente percorridas de metrô ou mesmo de bicicleta ;-)

13:00

Está na hora de comer! E em Berlim, a moda: «Em todo o lado se encontra comida vegana», conta Sarina, entusiasmada. Desde festivais de comida de rua vegana, até sorvetes veganos, Berlim tem de tudo! O favorito de Sarina é o BagYard na Budapestestrasse. «Aqui você pode provar fast food vegana a um preço razoável.»

eastsidegallery.jpg

14:30

Agora com mais energia, continuamos para ver o que resta do muro de Berlim. A exposição gratuita East Side Gallery, no bairro Friedrichshain, mistura história com arte: «Os desenhos e grafittis são esmagadores!"

urbanspree.jpg

16:00

Uma visita ao Urban Spree mostra bem do que os habitantes de Berlim podem desfrutar. Sarina sabe que aí pode «relaxar e afastar-se por momentos da cidade barulhenta.» Este centro de artes é dedicado à cultura urbana, com muitos concertos, exposições e workshops. «Quando está bom tempo, um passeio ao longo do rio Spree é algo que vale a pena.»

18:00

No bairro de Neukölln, o jardim coberto Klunkerkranich é o local perfeito para assistir o pôr do sol, ou para desfrutar de uma agradável bebida como aperitivo ao som de DJ.

neni_square.jpg

20:00

O restaurante altamente cobiçado NENI recebe os hóspedes famintos com uma vasta seleção de iguarias orientais. «Aqui é sempre melhor reservar mesa antes", diz Sarina.

23:00

Mesmo em frente, no 10.º andar do Hotel 25hours, o Monkey Baré a última dica do dia. O bar tem este nome gozado porque, durante o dia, tem vista direta sobre a jaula dos macacos no zoológico. «À noite, a vista daqui do horizonte de Berlim é absolutamente de sonho!»